Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cinza

Cinza
maria da graça almeida

Tudo vem com a faísca,
um pequeno pisca-pisca,
em seguida, a labareda
reluzente lambe acesa!

Vem primeiro uma luzinha,
débil, fraca, vã, fininha,
pra tornar-se então mais forte,
fogaréu de grande porte.

A faísca, sonho azul,
doce canto de bulbul,
ao tintar-se de vermelho,
da ilusão, amplia o espelho.

Mas, enfim feia a fumaça
vai subindo e lenta passa.
Fraca a flama arrefece
e o calor desaparece.

Nessa hora causa dó
o amor na escuridão!
Dele pouca cinza só
foi o que restou no chão.

maria da graça almeida
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 04/04/2005
Código do texto: T9804
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14810 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:20)
maria da graça almeida