Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AQUELE MELRO

                      AQUELE MELRO...



Lembro aquele melro...
Que tão cedo acordava
E tão cedo começava
O seu inigualável canto...

Aquele canto que também
A ti, a mim, ou aos dois
Acordava...
E ao amor nos convidava!

Aquele especial canto
Que os nossos desejos
Despertava
E nos incendiava...

Eram ensejos
Para abraços e beijos
Que sempre culminavam
Num transcendente
Mas sempre insuficiente
Ritual de amor!...

Hoje, aquele melro
Continua cedo acordando
E cedo cantando
O seu inigualável canto,

Que, no entanto,
Já não nos acorda
Para um ritual de amor...

Porque tu partiste...
E eu fiquei só e muito triste
Chorando o meu desencanto...

Não posso, não quero!
Não quero mais ouvir
Daquele melro tal canto!...

















HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 13/01/2006
Código do texto: T98425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 09:54)
HELENA BANDEIRA