Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAGRIMAS DE UM POETA

LAGRIMAS DE UM POETA

Mário Osny Rosa

Corre as lagrimas de um poeta
Quando tenta versejar.
Em sua memória nada resta
Na luta fica a pensar.

E seu verso rememorar
Chega mesmo a ofegar.
Suas lagrima derramar
E logo o papel molhar.

No choro de suas lagrimas
Ele está a matutar.
Logo quer relatar
A dor do vale de lagrimas.

Sua história e sua vida
Nunca foi bem colorida.
Suas lagrimas sentida
E agora quem duvida.

São José/SC, 13 de janeiro de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 13/01/2006
Código do texto: T98527
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:44)
Asor