Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Espera

Minha Espera!..

Mesa posta, talheres dispostos,
alma encantada...
Ceia, espera, dúvidas de amor por amor!..

Virás me abraçar, nesta noite
em que te necessito tanto?
Em que meu coração escuta seu tic-tac sozinho,
tamanho é o silêncio que se faz!..

Nada mais sei, mas quero esperar,
sem sofrer a dor da desesperança,
de não te ver, de não te encontrar,
de não te dar um abraço,
quando o Ano passar!...

Passará o Ano, mas não passarão
meus sentimentos,
eternos,
sonhados,
esperados,
queridos,
almejados,
por você...
que é o meu delicioso viver!..

Eda Carneiro da Rocha
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 05/04/2005
Código do texto: T9910

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14774 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:50)
Poeta Amor