Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vozes da Janela

Vozes da Janela

Carregando a cruz de outros nas costas,
E a minha atravessada no peito.
Contento-me com breves sorrisos,
Deixando, futuras paixões, por medo.

Pois aquela que me fazia sorrir,
Agora sorri por outro.
Já não tem mais o que me impedir,
No fundo eu sempre estive morto.

Nunca sentirei a vida de veras.
Sempre como um boneco talhado,
Viverei minha morte como escravo,
Das * Vozes da Janela. *


Shoujo
Enviado por Shoujo em 16/01/2006
Código do texto: T99476
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Shoujo
Campinas - São Paulo - Brasil, 26 anos
32 textos (1022 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:26)
Shoujo