Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERTO DO CÉU.

Ele olhou o relógio, apressado.
Ajeitou o nó da gravada, alinhado.
Beijou o seu bem, de raspão.
Entrou no carro, de supetão.
Tocou em disparada, acelerado.
Chegou ao velório, atrasado.
Velório do seu chefe, enfartado,
Por viver uma vida assim estressado.
Pro lugar do chefe foi promovido, alçado
Ao posto mais alto
E mais próximo do "céu"
Como o seu chefe que se foi, amém!
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 16/01/2006
Código do texto: T99762
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:45)