Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Balanço de domingo

Uma tarde na varanda de algum domingo.
Uma paisagem que o olhar se dispõe a observar.
Um pensamento transparente repousa e, de quando em vez,
pincela expressões que só Monet pode ver
 
O vento, a paisana, surge timidamente.
Movimenta o balanço
que, acobertado por uma leve camada de poeira,
perde força atritando-se com os calcanhares sobre o chão.
 
O cansaço se distrai e vai embora
dando lugar a uma sutil preguiça
que avisa em intermináveis suspiros.
 
Os braços afastados se alongam
junto a um rico bocejo.
A moleza serve ao corpo o cochilo.
 
Os olhos se embaraçam, e a consciência,
sede ao inconsciente uma nova realidade
O sono e o sonho passam pelo domingo que já vai tarde.
Gustavo Naufal
Enviado por Gustavo Naufal em 25/01/2006
Código do texto: T103441

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gustavo Naufal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Naufal
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
71 textos (2030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:36)
Gustavo Naufal