Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tequinho de Prosa

Tequinho de prosa eu dei,
Nessa manhã ensolarada,
Mineira,caipira,
Do sul das Gerais,eu sou!
Mas a prosa é virtual,
Sem bolo nem café,
Mas na esquina do Recanto eu parei...
Li poemas
Vi o sol,
Amigos encontrei,
Nesse canteiro florido,
Muita inspiração achei!
As vozes então caladas,
Me encheram de palavras,
Eu que estava murcha,
Sem viço...nessa sêca virtual,
Me molhei!
Adubei o solo da mente,
Energizada fiquei,
Agora só me resta,
Fazer o bolo e o café,
Esperar todos os amigos,
Que no Recanto eu achei!!
Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 25/01/2006
Código do texto: T103608

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89325 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:56)
Syl Signoretti