Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dança das Carruagens

No dançar das carruagens
Sem esboçar timidez
Surge em azul planeta
Encaminha  seu verbo
Brotando compaixões
Freudianas, Insinuantes!

Cantarolando
Canções balzaquianas
Aproxima pássaros
obtem frutos e distribui ensinamentos
No rancho fundo de seu saber
Esculpi sonhos e ardores amigos!

Ao abri seus braços
abraça a natureza
como se eu fosse a natureza
Ao expor seu xale ao vento
Molda suas aspirações
Incisivas, atenuantes!

Em seu paradigma
Escorre contos lusitanos
Encorajando corações e mentes
A lida do presente perfeito
Rumo a aldeia de uvas brancas
No Espiritual, no divino!

Seu lado norte
Atrai células cristalinas
Aprendendo a plantar, a colher
Conhecendo em meu simples filosofar
o que eu denomino como
AMOR AMIGO!
Auber Fioravante Júnior
Enviado por Auber Fioravante Júnior em 15/02/2006
Reeditado em 14/05/2012
Código do texto: T112192
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Licença Creative Commons: permitir a cópia, distribuição e execução da obra, desde que lhe sejam atribuídos os devidos créditos. A proteção anticópia é desativada. Para saber mais detalhes, por favor visite o site da Creative Commons Brasil.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Auber Fioravante Júnior
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
1405 textos (19662 leituras)
5 e-livros (358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:03)
Auber Fioravante Júnior