Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Rosa do Sempre

Escuta se alguém me procurar
Diga que volto logo
Pois agora quero escrever
Algumas singelas linhas
Para aquela que empresta
Seu Ventre para vida...

Para aquela
Que é Vó, Mãe, Filha, Esposa, Amiga
Que é o instrumento afinado do saber
Que dança em mares revoltos
E não cansa de lutar
Mesmo que a lágrima venha...

Para aquela
Ana Paula Padrão
Ou a Maria Professora
Quem Sabe a Rita Psicóloga
Ou até mesmo a dona Eva do Cafezinho

Para aquela
Que se veste de coragem
e corta com a foice
o pão de sua fome

Para aquela
Que é vista como objeto de prazer
Em noites de solidão para um qualquer
Esquecendo o desejo
Mais nunca o sonho
Que alimenta o seu andar...

Para aquela
Que esconde a face
Porque diz no livro
Que o homem é intocável

- Meu Deus em que mundo vivemos
A mulher sim deve ser protegida
Pois é dela que parte
O sonho dourado de viver
è dela que se ouve a palavra
é dela que vem o conforto
é dela está vontade linda de amar e ser feliz,
é dela todos os dias do ano
é dela esta força que nos ergue
sempre para prosseguir na rota
desta rosa chamada
FELICIDADE...
Auber Fioravante Júnior
Enviado por Auber Fioravante Júnior em 05/03/2006
Reeditado em 06/03/2006
Código do texto: T119276
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Auber Fioravante Júnior
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
1405 textos (19662 leituras)
5 e-livros (358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:43)
Auber Fioravante Júnior