Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando dorme um poeta

Um poeta em seu sofrer
repousa no fingimento
dorme para fazer
que não sente
a solidão
lhe sorrir latente
Quando dorme um poeta
os anjos velam
o amor não esquecido
e o sonho
ainda não vivido
Poeta que dorme
para não olhar
nos olhos do amor
e assim poetar
sua própria dor
Cláudia Sabadini
Enviado por Cláudia Sabadini em 02/04/2006
Código do texto: T132472
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Sabadini
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
289 textos (30827 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/17 04:11)
Cláudia Sabadini