Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite sem Luar

Quantas são as noites quentes
sem luar a me iluminar.Que me
fazem sonhar buscar na esperança
uma razão ou uma sentença ao meu
coração que sem razão começa a chorar
em busca de um amor a me consolar.
Esperança que se acanha ao me deixar
sem se quer notar que fico sempre a chorar.
Sofrer por amor, por não ter comigo um doce
ombro amigo a me perdoar.Que lindas são as
estrelas ocultas neste momento a falar de meu
tormento das minhas dúvidas dos meu desamores.
Quem sou eu para amar a dama da noite a linda
Lua, que nem se deu ao trabalho de se mostrar
para que um simples poeta possa se declarar falar
dos amores sofrer contigo as dores deste raio de Luar.
Quem sabe a hora o momento que esta noite este
lamento venha acabar e eu possa finalmente em teus
braços descançar e poder declarar o meu amor aos
teus ouvidos olhos nos olhos coisas tristes deixaram
de existir quem sabe assim um dia ainda poderei ser Feliz...
gótico
Enviado por gótico em 03/04/2006
Código do texto: T133235
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gótico
São Paulo - São Paulo - Brasil, 38 anos
84 textos (20223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:26)
gótico