Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coraçäo de indio

O corpo bordado de tintas conta historia
que a vida viveu cicatrizando sua ferida
e seus repentes selvagens têm tragetoria
das estaçöes do tempo por toda a estrada!

Seus rebentos säo da lua, do sol e do mar,
paridos no leito agreste serenado da mata,
cujo teto enfeitado vê a estrela a sofismar,
chovendo o cântico do indigena que brota,

orvalhada semente de trigo na relva dourada,
cujo uivo peculiar levant’a emoçäo lendaria,
desperta toda a humanidade’inda adormecida,
nas raizes calejadas,incadas na seiv’eterea!

Alma indigena, o seu canto de guerra é paz
por  um pedaço de horizonte  emoldurando
 pélagos bravios, em cujas longas ondas se faz
o mais virgem segredo  escondido do mundo!

Escorregadio tal peixe resvalando pelos rios,
seu silêncio lenitivo nos alpes brancos ressoa,
faland’às flores inda brotando seus mistérios
que no coraçäo do indio canto silvestre entoa!

Enquanto o golpe do vento se faz em carinho,
sua essência rebenta feito ondas altas no mar
e as floradas de su’alma  florescem o caminho
em que as rochas milagrosas se pöem a cantar!

Dentro de cada primavera venera a ventania
que a muda neve penteia e sua tribo enaltece,
lutando que sua vida näo se extingua um dia,
sem  Natureza com arvoredos, sua casa e prece!

Inspirado na cançäo mistica de INDIENS Sacred Spirit
« The Dalliance of the Eagles »

Grenoble-Fr-15/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 15/05/2006
Código do texto: T156320
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:58)
Inês Marucci