Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Infindo momento

Acordes de  violino me levavam em suas notas
ao recanto aonde borboletas nas flores dormem,
enquant'as acácias nem se importam, tão castas
e a canção estonteante  idéias hirtas consomem!

Plumas no enlace de braços em toque de almas
tão embevecidas impossibilitadas de cognição;
evitar irrevogável regresso ao degredo do chão
era uma lei destituída de ciências ou teoremas!

O lânguido ápice apearia  e com ele a revoada,
que das minhas raízes fez asas e as pôs a bailar
e despencar,tal sonho de Ícaro na descarrilada.
O violino melodiando contudo a mesma toada,

faz alucinar,mais que imaginar aqueles braços,
emplumado nó hirto que nada desata dos laços,
integralizada ao meu pensamento trago comigo
a emoção inacabável daquele instante de afago!

Grenoble-Fr-29/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 29/05/2006
Código do texto: T165194
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:32)
Inês Marucci