Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

retrato


grinaldas de flores frescas na sacada
a enfeitar janela de olhos espertos
o grácil colo cintilado de pérolas
 
meninice a trançar dedos entre
o perfume dos cabelos
olhos de sub-céu em silêncio
e vésper insone que espreita o dia



guardador com flautim  a cercar rebanho
asas inquietas de passarinhos sobre o arrozal
pensares que volitam sem tempo
e a sede dum olhar disperso

zumbido amiúde no tronco da laranjeira
mel que escorre do favo sobre árvore de
escritas promessas  - fragmentos para o
sorver do colibri



poema entre mãos
a arquejar junto ao peito
e borboleta movendo-se sem pausa
à plenitude do instante

hora falecendo minutos à porteira
capítulos de bem-me-quer desolado
e sobras de malmequer em hastes enfileiradas
a trazer pelo renque o prelúdio da noite
que ‘tristece’  o horto



um olhar que inerte adormece
ao denso do horizonte:
 
este olhar
de silêncio
marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 11/06/2006
Código do texto: T173423

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:39)
marcia eduarda