Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O RIO 

O rio parece dormir,
Mas as águas singram ligeiras,
Flui incessante som de cachoeiras,
Parece beijo do rio com as pedras,
Que não cansam de gritar.
A vida permanece bela,
Como gravura de águas cristalinas,
Tal qual o rio que foge calado,
atraído pela força do mar.
É como uma sinfonia da natureza,
Como a mulher mais linda a cantar.
Assim é o rio parecendo maestro,
E seus músicos afinados, sejam as pedras,
A bela mulher,
a natureza,
e as ondas que teimam quebrar.
Mas o rio parece dormir,
Enquanto a vida parece sonhar.

Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 14/06/2006
Código do texto: T175471
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:28)
Jose Carlos Cavalcante