Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORTE


...sou aquela que te espera sozinho
Na aurora ou no arrebol,
No repousar ou descortinar do dia!
Sou aquela que temível por todos
Evitam em meu nome tocar.

Com os olhos rasos d’água
Contorcendo a alma
Em dores e lamentos,
em uma cama de flores,
Faço o corpo repousar, com um suspiro de saudades!

Não tenho cara
Corpo, semblante ou alma
Tenho a força do último momento
Límpido, transparente
Não deixo ninguém contente
Minha missão é singular...

Sou opositora da vida
Sou cruel, faço ferida...
... Sou a morte...
...e todos trazem como sorte
Um dia... comigo se encontrar!
Eliene César
Enviado por Eliene César em 17/06/2006
Código do texto: T177331
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliene César
Piripiri - Piauí - Brasil, 45 anos
29 textos (2810 leituras)
3 áudios (928 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:20)
Eliene César