Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIURNO

Sol que t’ elevas sobre o claro dia
quando já alta vai a manhã pura
dando sentido a esta conjuntura
na qual eu m’ incorporo em maresia,

E como em suave canção de nostalgia
que se vai esgotando prematura
faz de mim uma alegre criatura,
tu que do Cosmos reges a harmonia.

A ti confio a ideia que me prende,
um fogacho de luz donde descende
criando, entre emoções, terna mansão.

E tu, que entre estrelas és beleza,
tira desta minh’ alma a incerteza
tu só, Génio do dia e meu irmão !


Frassino Machado
In A ODISSEIA DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 19/06/2006
Código do texto: T178421
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1763 textos (46527 leituras)
20 áudios (847 audições)
2 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:26)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor