Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEIAS E CASTELOS

Abrindo os braços
eu engulo o verbo
eu mastigo a língua
protejo a menina
escondo a mulher

Compondo quadros
eu multiplico as flores
eu reinvento as cores
pra desfazer meu tom

Pintando versos
eu adquiro formas
desequilibro as horas
pra não me perder

Tocando flores
eu teço outros venenos
emaranho e exalo
segredos morenos
para enredar quem vê.


D.V.
26/06/92

Copyright © 1992-2010 Dulce Valverde
All Rights Reserved
DULCE VALVERDE
Enviado por DULCE VALVERDE em 27/06/2006
Reeditado em 14/12/2010
Código do texto: T183035
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para o site " http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=6199 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DULCE VALVERDE
Estados Unidos, 46 anos
391 textos (10864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:47)
DULCE VALVERDE