Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando...

 

Quando ouço esta canção

fico perdida nos meus ‘ses’...

 

A saudade chega consumindo  o meu ser,

fazendo-me recordar os sonhos mirabolantes.

Nas cores abrasadoras que regiam a nossa vida,

 

vejo o moinho de vento que norteava a nossa sorte,

embalando o nosso destino,

de onde rumávamos para o castelo onde selaríamos

nosso romântico sonho de amor.

 

Sem o som do mundo que girava lá fora,

a guardiã velaria nossa intimidade e

quando cansados do isolamento,

fugiríamos na carruagem colorida de nossa fantasia.

 

E já no final da vida,

se o visse curvado sobre o meu leito,

deitando-me carinhos e palavras doces,

induzindo -me ao passado,

resgatando segredos de nosso faz-de-conta,

selaria em meus lábios o néctar verdadeiro,

de um derradeiro beijo.

 

Somente os amantes possuem

em seus verdes trigos,

a lâmpada mágica do gênio que surpreende,

num esgar,

a vida fugidia...

 

bette vittorino
Enviado por bette vittorino em 14/07/2006
Código do texto: T193940
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
bette vittorino
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
278 textos (35512 leituras)
1 áudios (17 audições)
4 e-livros (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/17 14:22)
bette vittorino