Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tributo ao sol

Põe em todo canto a face fecunda e se faz d’encanto,
urdura d’ouro nos frescos trigais lhe roubam formosura,
de vergel em vergel anda sua mão afinando paz e vento.
É aroma das florescências levando a cândida  brandura!

De alma em alma,chamas  ruivas que nunca entardecem,
e ainda amanhecem nas bocas da humanidade ancorada
nas paisagens da etérea naturaleza,que s'engrandecem,
debaixo dos olhares pousados na esperança a alvorada!

Cobre o silente aroma de flor, sombra em banho de Luz,
afast'atrás de si a úmida noturnidade afeit'aos sonhos,
rompe claras amarras,infla velas da paz.Destinos reluz!
o amigo da terra em suas marcas frutecend’os caminhos!

Aquece nas colheitas ávido frescor de ventos peregrinos,
que assobiam sempre cânticos velozes, bravos e  serenos,
zumbindo entre  arvoredos recheados de ninhos e flores,
dulcíssima e suprema Natureza,  pingando  esplendores!

Curva-se ao Sol esta alma errante aninhando em sua rede
de quietude, qu’ora acena e se despede, como se morresse
todo instante e contudo a cada poente s’acobreia de sede
e agoniza no inexorável sorriso, como se o caos vencesse!

Astro rei,segue abrasando! Encanto beirando o teu brilho,
cort'os montes multifulgentes d’incríveis fímbrias ruivas
e com teu candoroso luminar vivo, esconde-te no orvalho,
sonhado em meus sonos claros.Durmo enquanto te esquivas!

Santos-SP-30/07/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 30/07/2006
Código do texto: T205510
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:39)
Inês Marucci