Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MÃO E A ROSA

Uma é carícia,
a outra ternura.
Uma é afâgo,
a outra candura.
E se encontram
as duas, belas
no jardim feito
cores, aquarela.

O poeta então,
vai admirar;
porque é poema,
não ousa falar,
Poesia existe
no puro, no belo;
êle não resiste,
faz verso singelo.
Riva
Enviado por Riva em 10/08/2006
Código do texto: T213381
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Riva
Peruíbe - São Paulo - Brasil
1075 textos (31487 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:10)
Riva