Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ODE A ÁGUA DE DEUS

Transbordante em taça
Talhada pelas mãos divinas
Não de ouro nem de prata
Nem de vidro ou de cristal
Mas de casco e fibra vegetal
Cálice saciável, santo graal
Cálices sobrepostos em meio as palhas
Adega suspensa
Plantada em areia-mar
Conservada em temperatura trópico-equatorial
O crepúsculo testemunha suas reservas
Água que tem cheiro
Água que tem sabor
Água que tem cor
Bagos, carnes, lamas, fibras e palhas
Cada vez mais a purificam.
fresca, energizante e vital.
É água cristalina,
É água tropical,
É água divina,
Água saborosa,
Água aquosa,
Paradoxal.
Substância ora fina ora grossa,
Essência mais que natural
Vinda de fonte radical
Vinda do alto, quase do céu.
Líquido celestial,
Sobrenatural.
Gotas de chuva armazenadas
Lágrimas da Mãe Virgem desposada
Saliva angelical
Suor derramado de Deus
Que tanto nos amou.
Para o desfrute de um paladar;
Para um desejo se aventurar;
Para n'um brinde homenagear;
Para a saúde conservar;
Para uma vida batizar;
Para um corpo se banhar;
Para a alma lavar;
Para o espírito se inundar;
Para a terra fertilizar;
Para a sede saciar;
Para o amor transbordar;
Para a vida transformar.
Eclesia
Enviado por Eclesia em 17/08/2006
Código do texto: T218772
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eclesia
Fortaleza - Ceará - Brasil
30 textos (4039 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:07)
Eclesia