Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade Passageira

A noite cai e com ela vem a saudade
O chiar das portas invade a paz do silêncio
O vento resmunga sem piedade
As janelas trémulas deixam escorrer as lágrimas da noite
Zumbir das árvores atordoam os pássaros no retiro
Grito forte que vem das estrelas
Um tremor celestial
Meteoritos gélidos
Cantico chorado dos grilos
Perdura pela madrugada
O dia clareia...lá fora
Relva coberta de giada
Os carros embebedados de cacimba
O céu coberto e tímido
O sol envergonhado
As janelas despedaçadas, em lágrimas
O vento perdeu a voz
Nem o choro do pássaro ferido se ouve no horizonte
Nem sinais de pânico...
Apenas os estragos de uma tempestade passageira!!
LDias
Enviado por LDias em 21/08/2006
Código do texto: T221495
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LDias
Moçambique, 35 anos
52 textos (3165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:22)
LDias