Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jardim da Fantasia

Sentei-me numa pedrinha
Em frente a um jardim todo florido
Rodeado de arvores
E onde tudo fosse permitido sonhar…
Fechei os meus olhos e deixei-me relaxar
A brisa do vento tocava-me levemente no rosto
E com ela deixei-me levar.
A minha mente apagava-se da realidade comum
E suavemente levitava ao ritmo do vento.
Ao mesmo tempo sentia o aroma da alegria
Com que as flores deliciosamente insistiam em me presentear
E com esse aroma senti-me a rejuvenescer,
As árvores ao fundo abanavam lentamente
Como se dançassem ao som dos pássaros….
E diante delas consegui todos os males despejar,
Reparei que as palavras se espalhavam pelo ar
Sempre que as árvores abanavam, distanciando-se de mim.
Senti-me leve, livre da prisão em que vivia,
Consegui saborear o que me envolvia,
Como já não me lembrava de o fazer…
Foi então que abri os olhos…
E já com eles abertos vi a beleza que tinha sentido…

Mesmo sabendo que diante deste cenário
Um mundo difícil fazia questão de me esperar…
No entanto percebi que depois deste momento
Tudo o que diante de mim aparecer
Terá que me enfrentar.
João Filipe Ferreira
Enviado por João Filipe Ferreira em 21/09/2006
Código do texto: T246030

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Filipe Ferreira
Portugal, 36 anos
217 textos (13951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:34)
João Filipe Ferreira