Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECEPÇÃO





Contei-lhe meus segredos
Falei dos meus medos!
Fiz tudo em mil versos
E confesso, tudo pra te amar!
Mas (sei que) foi  tudo em vão
Desculpas e perdão não podem curar
Desengano que sangra meu peito
Que direito tenho que venhas me amar?!

Oh, doce amor da mulher amada!
Te perdoou, pois  não és culpada
Porque eu fui sonhar?
Hoje eu sei, foi pura pretensão
De um mesquinho coração
Que se deu, pensando em ganhar!




Carlos Alberto de Carvalho (Carlos carragoza)
Todos os meus trabalhos estão registrados na Biblioteca Nacional-RJ
carlos Carregoza
Enviado por carlos Carregoza em 26/09/2006
Código do texto: T249584
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos Carregoza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
102 textos (5966 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:02)
carlos Carregoza