Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BELOS ANJOS

Para Ti, porque me ensinas-te a ver a beleza de mundos lindíssimos onde estão
                      BELOS ANJOS

Estão dentro de mim
A bailar
Já tinha alguns
Mas outros
Mais belos
Me foram dados
Por um linda borboleta
Que é dos seres
Que eu mais estimo
Que aprendi a infinita e sabiamente a  estimar

Belos anjos

Que me contam
Histórias de encantar
Histórias de ontem
De hoje
De amanhã
Que por minha vez
Tenho de as espalhar

Belos anjos

No fundo
De oceanos
De infinitos afectos
Mergulhados em mim
E eu neles
Numa eternidade que me maravilha
Céu imenso
Que não tem
Nem nunca deverá ter tecto

Belos anjos

De cores imensas
As cores do meu coração
Que são mais sublimes ainda
Quando lhes empresto
As lágrimas da minha enorme
Pela vida
Por tudo
Paixão

Belos anjos

Com olhos onde se vêm
Estrelas
Eles
São elas
E qual delas
A mais bela?

Belos anjos

De ternuras sem fim
Que sinto
Que por um momento
Estão
Perto de mim
Belos anjos
Sem nomes
Com todos os do mundo
Do universo
De toda a imensidão
Os anjos
São teus
São meus
São nossos
Como nossa
É esta canção
Dos

Belos anjos

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 12/10/2006
Código do texto: T262672

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5079 textos (170386 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:10)
Miguel Patrício Gomes