Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESSE VENTO

Que passa
Aqui
E em qualquer lugar
Era um vento
Que gostava
Que consigo
Me pudesse
Levar
Pois

Esse vento

Que anuncia
Muitas vezes
Tempestades
E muito poucas
Bonanças
Chora por mim
Por ti
Pela nossa
Boa aventurança
N’

Esse vento

Que se arrasta
À beira-mar
Levantando tempestades de areia
Que me fazem lembrar
As que
Por demasiadas vezes
Me estão a fustigar

Esse vento

De verão
Que desapareceu
Para dar lugar
Ao do Inverno
Com chuva fria
Que nada tem
De terno
Lembro-me pois que

Esse vento

Que pinta
Lindas pinturas
Do nada no céu
Também toca belas músicas
Nas suas
Invisíveis partituras

Esse vento

Que faz voar
Tantas e tantas vezes
O castelo de cartas
Com que construí
A minha vida
A ter de fazer outro
E mais outro
Ele me obriga…

Esse vento

Única testemunha
Da imortalidade
Estava cá antes de nós
E estará
Depois
A abençoar
Ou a flagelar
Quem nos sucederá
Esse vento
Leva e lava as palavras
E as emoções
Das quais
Pouco
Ou nada
Restará

Esse vento…


Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 19/10/2006
Reeditado em 19/10/2006
Código do texto: T268284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5078 textos (170361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:09)
Miguel Patrício Gomes