Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                          RESSURREIÇÃO

NUM DIA ASSIM
PÁSSAROS EM BANDO
SOL FESTANDO
E EU... MORTA AI DE MIM
ALHEIA A TODO ENCANTO
DAS FLORES, DO VINHO, DA UVA...

UVA RÔXA COMO A MORTE
QUE SE FARÁ MINHA CONSORTE
NESSE DIA ASSINALADO
CASAMENTO MARCADO
O QUAL IGNORO 
E DEPLORO...

MORTA
AI DE MIM,
QUE AMO A DANÇA
O RISO, O GORJEIO DO SABIÁ
QUE HÁ DE CHORAR ENFIM
TÃO FUNESTA ALIANÇA.

E EU MORTA
INSENSIVEL QUAL PORTA
AO CANTO DA VIDA
AGORA, ALHURES, LÁ
ONDE A VIDA NÃO COMPORTA
E AOS POUCOS OLVIDARÁ
AS VELHAS NOTAS
DOS  MEUS LÁBIOS SELADOS...

E EU MORTA
INDIFERENTE AO CANTO DA VIDA
QUE EXPLDE EM FRENTE???
AH!
AO CANTAR DO SABIÁ,
MEU CORAÇÃO VAI DESPERTAR
QUAL NOIVA ENCANTADA
O SONO DA MORTE HEI DE VENCER
QUE A MORTE É NADA
AO CANTAR DO SABIÁ NO ALVORECER!!!


Teca
Enviado por Teca em 25/10/2006
Reeditado em 25/10/2006
Código do texto: T273058

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1120 textos (122832 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:22)
Teca

Site do Escritor