Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mundo de Mil Cores

Se eu fosse um pintor
Criava numa tela, um mundo idealizado por mim
Cheio de cor, esperança e nunca sofredor
Transformava zonas de catástrofe em belos jardins.

Colocava o céu num tom de azul claro
Substituindo o negro que assombra a vida de muita gente
Dando-lhes aquilo que apenas habita no seu imaginário,
E que nunca conseguem tirar da mente.

O vento seria suave
Para assim ser possível apreciar os aromas que se espalham no ar
Deixa-los penetrar como se fossem a chave
De novos sentimentos que possibilitem de novo sonhar.

A terra teria a sua cor natural
E sem as imagens de sangue derramado
Que aumentam cada dia que passa de uma forma brutal
De mais um coração parado.

Os sorrisos teriam as cores da alegria,
Espalhadas pelos quatro cantos do mundo
A oposição perfeita ao que se vê nos nossos dias
E como era lindo ver isto tudo…nem que fosse por um segundo.

Mas não sou um pintor
E não consigo colorir o mundo nestas cores
Apenas sou um sonhador
Que imagina o mundo somente com estes valores.
João Filipe Ferreira
Enviado por João Filipe Ferreira em 26/10/2006
Código do texto: T273957

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Filipe Ferreira
Portugal, 36 anos
217 textos (13951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:12)
João Filipe Ferreira