Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SONHO E O MAR

Eu, muitas vezes, não nego
Me pego olhando pro mar
Quem vê,
Me vê sonhador
Quem lê,
Me vê a esperar

É que eu embarquei meus sonhos
Num veleiro aventureiro
Deixando os meus pés em terra
Achando ser verdadeiro

Brisa que sempre me avisa
Que viu muitos sonhos perdidos
Que as calmarias deixaram
Às correntes recorridos
Fortuitas tormentas lhes movem
São lamentos transferidos
Pelo tempo que transcorre
Sem o retorno devido

Sentimento, mútuo sonho
De um sonho que era meu
Platônica simbiose
De um sonho que se perdeu
Edbar
Enviado por Edbar em 07/11/2006
Código do texto: T284860
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
2870 textos (82785 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:02)
Edbar