Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folhas Secas (Com Júlia Monroset)

Como as folhas secas das árvores outonais
Lanço-me perdido sem destino certo.
Procurando abrigo nas asas do vento, sigo...
Asa de pássaro perdido, canto de harpia,
Fugindo pela imensidão do sorriso.

Encontro-me só,
Mas também vejo as folhas sós
Que caem além.

Sinto-me confortado.
No balouçar estranho desse vento, vadio e incerto...
Encontro-me seguro e também disperso.

Sou folha outonal, de árvore outonal.
Caio fazendo-me morte e vida.
Vida minha, secreta, íntima
Estando dentro e fora de mim: marginal.


24/04/2011


Fábio Aiolfi e Júlia Monroset
Enviado por Fábio Aiolfi em 24/04/2011
Reeditado em 08/07/2014
Código do texto: T2927961
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Aiolfi
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 29 anos
113 textos (66005 leituras)
5 áudios (842 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/04/17 05:26)
Fábio Aiolfi