Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Ultimo Verso

Guardo em meus olhos um ultimo aceno
Profundo e proibido, vazio em sentimentos.
Cada verso distante foge em meus ouvidos.
Reflexos vestidos, tempo sem razão.
Luto mas não desisto, quero um novo amanhã.
Procuro e não vejo um caminho de desejos,
Lugares sem saída, labirinto de ilusões.
A distancia o meu coração dispara a espera
do silêncio,só quero mais um verso pra dizer
que vou te amar.
Ungido pela fé prosseguindo na esperança,
Ternura obsessão,absoluta insistência.
Maestro do papel e caneta,que da o seu ultimo recado.
Fez o seu mundo encantado, fantasias em descrição.
O poeta chora, o tempo perturba sem saber aonde ir.
Príncipe do destino,palavras dentro de mim.
rickbec
Enviado por rickbec em 03/12/2006
Reeditado em 03/12/2006
Código do texto: T308127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rickbec
Curitiba - Paraná - Brasil, 38 anos
163 textos (11045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:04)
rickbec