Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESERTO SEPULCRO...


Deserto sepulcro...


Temporais, enchentes lamaçais.
Atravessar espaço e tempo...  Olhar
Sedenta e fria condição da alma. Fétido odor,
 Sudorese estertorar, seguir em busca do sepulcro...
Caminhar nas sombras, tremores.
No corpo, alma temerosa...

Cruzar o ermo, no caminhar desperto.
 Adentrar despenhadeiros nos montes trilhados,
Extorquir sentimentos, retirando pedras,
Açambarcar vale da morte, o deserto...

Temores dúvidas se foram, sem assombrações e calafrios,
Prosperando vida. Conjeturar entre as agrestes escarpas,
De o percorrido penar, inalando á existência.

Aves sobrevoam o vale, gorjeando aleluias.
Sábio criador, esculpiu com cinzel do avivar Aragem,
 Rochas beleza e arte, á mãe natureza.
Vivencias, infecundidade da sobrevivência...

Decodificar esfinge, compassivos e brancos por fora,
Embolorados dentro. Belos limpos exteriores,
Mortos putrefatos interiores. Intriga e malícia, sepultando-os.
A sombra da ignorância, deserto sepulcro.
 Exclusivismo cobiça e devassidão, faculta á luz da razão...

Deth haak

06/07/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 14/07/2005
Código do texto: T34322
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65345 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:10)
Deth Haak