Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ECLÍPSE

A lua branca, solitária e fria
tão esquecida pelo trovador
massacrada pela tecnologia
foi procurar no sol um pouco de calor

na evolução dos tempos, a magia
da lua fria esquece o menestrel,
ela que tão linda parecia
uma gota de orvalho ou um favor de mel

que saudade, meu Deus, dessa lua altaneira
enamorada de tudo era a primeira
a doar ao amante sua cumplicidade

hoje vive da terra amedrontada,
esquiva, triste, preocupada
com a falta de amor da humanidade

dezinha
Enviado por dezinha em 03/08/2005
Código do texto: T40094
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dezinha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
175 textos (13637 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:39)