Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PLAGEANDO FERNANDO PESSOA

Outra pessoa? Como de fato a será? Mistério? Talvez

O outro será de fato um mistério.
Assim já dizia o poeta.
Seu corpo, sua alma.
Em tudo difere do que somos, agimos e pensamos.

Somos seres que nos escondemos em nós mesmos,
Mentimos, fugimos e fingimos para nós e para os outros,
Afinal tememos ser o que de fato
Deveríamos ser: pessoa, ser humano, gente.
Os quais vivemos, sofremos, sorrimos,
Choramos e outras várias conjugações verbais
 –amos, -emos ou –omos,
Isto porque somos o que somos ou será que
O que querem que sejamos?

Por que então fingimos tanto?
Por que estão fugimos tanto de nos e dos outros?

Certamente, continuaremos a ser um mistério.
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
Enviado por JOSÉ FLÁVIO DA PAZ em 06/08/2005
Código do texto: T40710
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
60 textos (36402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:17)
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ