Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indiferente

Sou pequena, microscópico ponto no meu da multidão.
Me perco em meio ao caos, passando despercebida.
Sou apenas mais um rosto, nesse mar de máscaras.
Mais um corpo, no meio das beldades.

Não atrapalho e nem ajudo, ninguém me percebe.
Mesmo que suma, não irão notar a minha ausência.
E mesmo que apareça, ninguém se incomodará com a presença.

Pisando em outros passos, no chão já caminhado,
Mais uma passagem, que não significou nada.
Nem mesmo para mim, nem para ninguém.

Mesmo que o tempo parasse, e tudo mudasse.
Ainda não faria diferença, ou qualquer falta.
Sem qualquer significado, sem qualquer sentindo.

Tem tanta gente morrendo, e eu sobrevivendo.
Tanta gente sofrendo, e eu magoando.
Tanta gente chorando, e eu sem vontade de sorrir.

Todo mundo querendo mais tempo, e eu quero o tempo simplesmente passe.
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 18/09/2005
Reeditado em 15/09/2008
Código do texto: T51639

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 31 anos
139 textos (6846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:38)
Claudia Rayzer