Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA ETERNA

ROSA ETERNA
 
De seda vestida...
Impar odor da natura...
Tão bela..
tão senhora...
tão bonita...
Nos corações suscita
veneração de quem ora...
Enquanto a vida perdura...
 
Botão
cada pétala, um encanto
concha frágil, que se agita
dentro do prazo
fugaz ao vento,
transitório,
o supremo esforço
de se fazer mais bonita!
 
Apogeu...
Sorri
plena de beleza,
plena vida.
hálito de aroma
viceja em brisa
quais os acordes
de uma canção,
feita de encantos.
Há uma fada em cada pétala,
que se encantou...
Carmim perfume...
gota de orvalho...
Nutre encantos
Halo de amor.
 
Efêmera.
Tão breve o prazo a tão linda vida..
Fadas libertas.
Vê que fenecem com suas sedas,
soltas à aragem, tombadas ao chão?
Lágrima em pétala.
Demora a brisa,
dando noticia de seu odor
inda na haste...
no próprio espinho,
resta o perfume e a miragem
do que era luz e se apagou...
Dentro do sonho,
asa e eflúvio, inesquecida,
se eternizou!
Maria Mercedes Paiva Paiva
Enviado por Maria Mercedes Paiva Paiva em 05/10/2005
Código do texto: T57044
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Mercedes Paiva Paiva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
76 textos (4412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:26)