Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRÔPEGA ALEGRIA

Em Homenagem àqueles que levam os palcos... a além das próprias vidas...
                                                                               
I
Mártir eterno da perpétua alegria
Que mesmo chorando disfarça a agonia!
Trôpego sorriso que é só melancolia
No palco da sua vida, sempre triste e vazia.

II
Pelo picadeiro a pequenos passos lânguidos...
Encanta a magia da infância alvissareira.
Mágico!...que transforma os tristes sentimentos,
Em momentos de ternura e fantasia verdadeiras!

III
Caricatos são seus movimentos espontâneos...
Que escondem emoções, inclusive as mais profundas
Mas os olhos que não mentem são eternos refletores...
Da angústia acumulada, com quem trava sua luta!

IV
Suas rugas maquiadas já delatam todo o tempo
De Histórias pitorescas tantas vezes já contadas!
Pelos anos esquecidos no caminho ao picadeiro
Onde a lágrima do palhaço -que rolou...foi ocultada.

V
Maquiagem desbotada que usou por tanto tempo
Disfarçou tudo o que pode, muitas vezes obrigada!
Transformou o rosto triste, ampliou o seu sorriso
Só não pôs a sua alma a desfrutar das gargalhadas.

VI
E ao final do espetáculo, para ele rotineiro...
Repousou sobre o chão frio do humilde picadeiro.
Procurou pela criança tão assídua da platéia...
Em adulto transformada... já não aguarda a sua estréia.


Poema publicado em Coletânea Literária, Sp/nov/2000

         
MAVI
Enviado por MAVI em 27/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T625539

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5445 textos (340889 leituras)
993 áudios (87035 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 06:48)
MAVI