Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 SILVANDO....

Ah, rajada que embaraça as melenas

Revolve meus pelos cobertos de Brisa

espalhando poeira aspirada da lida.

Ah! Esse ventar de segredos

Ficados no poço  por não saber

Que do amor consentimento tive;

Pra perder-me no soprar do ardor

Que embaçava de longe o olhar

Resumindo a vida ao sofrego ciúme

a rejeitar tantos toques por medo.;
silvo como Vento tudo que acrescentei...

 

Calando o gemido dos amantes

Desabrochado em lagrimas dum  riso

Desmoronei...  Erguendo um mundo sem fé

Encapela  voz  por amar assim reprimido

Brado ao zéfiro, põe essa Diva de pé!

 

“A Poetisa dos Ventos”

Deth Haak

Cônsul Poeta Del Mundo
Embaixadora Universal da Paz

Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do - RN

AVSPE

Leitura Recomendada " Dois Pesos e duas Medidas"

Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 01/09/2007
Reeditado em 18/07/2008
Código do texto: T633176
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 58 anos
547 textos (67994 leituras)
50 áudios (10472 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:03)
Deth Haak