Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopias

Ao medo que tua boca me incute
despretensiosa e envolvida em duplicidade
Teu beijo e tua língua que me invade
os lábios teus me aquecem e me iludem...

Sintomas de um auto-flagelo
que percorre em vão tua medula
Que teu viver anula
em prol de um sorriso aberto

E enquanto os anjos dormem em silêncio
Eu olho para o céu, que me lembra teu abraço
eu pensei poder voar, e que desespero efêmero
que me correu ao atraso

E a noite já finda
em utópico desejo já saciado
E em vão, nos restou a utopia
de pensar que podíamos ter namorado.

***Mateus Müller
Mateus Müller
Enviado por Mateus Müller em 04/09/2007
Código do texto: T638689
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mateus Müller
Tramandaí - Rio Grande do Sul - Brasil
59 textos (2917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:53)
Mateus Müller