Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velha cadeira

Vês aqueles entulhos que abrigam bichos,
Que desconfortam teus olhos quando avistados.
Transformam a paisagem virando lixo,
Ganham a indiferença quando não são repudiados.

Vês ao longe aquela velha cadeira escolar? O que me diz?
Dirás ver um manancial de ferrugem,
Ou um banquete para cupins?

Eu te direi o contrário!!!
Naquela velha cadeira entulhada,
Podre, enferrujada, pixada...
Velha cadeira umedecida por incontáveis serenos,
Aquecida por inúmeros sóis à pino,
Naquela velha cadeira apresentada pelo tempo para decrepitude,
Vejo um objeto de merecido respeito.
Reverencio o seu tempo de utilidade.
Já pensaste a quantos ela serviu??

Ah! Velha cadeira escolar!
Suspendeu tua bunda,
Sustentou tuas idéias!
O mundo precisa de mais cadeiras!!!
Hermison Frazzon da Cunha
Enviado por Hermison Frazzon da Cunha em 27/10/2005
Reeditado em 25/10/2011
Código do texto: T64352
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Hermison Frazzon da Cunha www.recantodasletras.com.br/autores/mano). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hermison Frazzon da Cunha
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
103 textos (26993 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:41)
Hermison Frazzon da Cunha