Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Semente

Eu,
Só com a lua
Minha eterna cúmplice.
Pensava, então,
Como é estranha
Essa estranha vida.
Às vezes dolorida,
Às vezes querida.
Tudo o que vejo
É o retorno
Daquilo que um dia foi.
Em teus raios cristalinos
Deito meus versos malinos.
Busco você
Como o Cavaleiro
Buscava a Dulcinéia Amada.
Versos ensandecidos
Adorados, queridos...
Requentados no silêncio
Da doce madrugada.
No momento em que a voz calada
Se encanta com a nobre balada
E deixa eclodir no peito
O desejo do amor
Pela germinação da semente
Que acaba de brotar...
Paulo Araújo de Lima
Enviado por Paulo Araújo de Lima em 27/10/2007
Código do texto: T712124
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar o nome do autor e o link "paulolima.recantodasletras.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Araújo de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
174 textos (13768 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:45)
Paulo Araújo de Lima