Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A outra

Serro as janelas da alma
mergulho no nada
sinto o vazio
me sinto
desalmada.

Perdi a noção do tempo
perdi a vontade
o contento
perdi o que não tive
e o resto também.

Foi-se com o vento.

O vento que eu desejei
que me viesse como alento
e no meu vagar sem rumo
na minha ânsia por um prumo
nem notei.

Deixei que assim como veio
voltasse e me partisse ao meio
sem que eu nada fizesse.

E agora ele se foi
levando a minha metade
deixando-me só a saudade
da outra
que eu nem cheguei
a ser.








Monica San
Enviado por Monica San em 04/11/2007
Código do texto: T723163

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Monica San
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 47 anos
251 textos (6370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 13:56)
Monica San