Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JARDINEIRO


                                         JARDINEIRO



                  Em cada gesto do jardineiro
                  Há um carinho efectivo,
                  Posto em cada flor ou canteiro,
                  Que vale pelo melhor lenitivo.

                  Planta lindas e variadas flores,
                  Qual delas a mais cheirosa,
                  Algumas de agradáveis odores,
                  Nem sempre, a mais formosa.

                  Em cada planta há um filho seu,
                  Tratado com desvelo e carinho,
                  Se alguma seca, um pouco de si morreu,
                  E o luto chega-lhe ao coração, de mansinho.
Povo Lusitano
Enviado por Povo Lusitano em 05/11/2007
Código do texto: T724626

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Povo Lusitano
Portugal, 62 anos
311 textos (24330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:19)
Povo Lusitano