Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU PIERRÔ DE NANQUIM

...Quando a vida muda a forma...mas jamais transforma a alma...

Outro dia...de repente
Meu Nanquim descoloriu!
E quando da tela  sumiu,
Um sorriso se lhe abriu...
E seu rosto esfumaçado
De semblante apagado,
Tomou forma de palhaço!
E de súbito...me sorriu.
Enxuguei-lhe a velha  lágrima,
E mostrei-lhe nova invernada!
-Mas é esse o  picadeiro?
 Perguntou-me bem brejeiro!
-É a vida –ora essa!
Vai com calma...não te apressa!
O que o Nanquim não sabia,
É que troquei sua...fantasia!
Repintei as suas cores..
E escondi todos os  horrores!
Remendei velhas cortinas...
Disfarcei  a sua sina.
Um vermelho na sua boca...
Reformei sua voz rouca!
Retoquei o seu enredo!
Chega de desassossego...
 -Não és mais Pierrô Nanquim!
 És agora...o meu Carmim...
 Vê se faz alguém sorrir!

 Elevou as sobrancelhas,
 Reacendeu tênue centelha!
 Um sorriso se lhe abriu...
 E de si...se despediu.

Só ao despir-se da sua alma...
Recebeu salva de palmas!
O Carmim...só iludiu!
 



MAVI
Enviado por MAVI em 25/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T751825

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5421 textos (339018 leituras)
991 áudios (86924 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 18:35)
MAVI