Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma Vazia

Alma vazia, que em mim há
Deixe-me ver o pôr-do-sol
Não me aprisione em mim mesmo
Nem me limite a viver sozinho

Alma vazia, que me recheia
Por que tu és, assim, tão opaca?
Sejais inteira, pela metade
Ou na metade, sejais completa

Alma vazia, que me consome
Deixai-me livre, pra ver a lua
E as estrelas, que tanto brilham
Por que já negras, são quase todas?

Alma vazia, quanta saudade
Tenho do tempo, em que vivia
Não amava, pela metade
E por inteiro, não me escondia.
Rafael Estevan
Enviado por Rafael Estevan em 05/12/2007
Código do texto: T765541
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, e e-mail. Raphael E.; restevan@caloi.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Estevan
Atibaia - São Paulo - Brasil, 28 anos
625 textos (125826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:40)
Rafael Estevan