Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragilidade...





Fragilidade...

A guerreira cansou ! Em aceno olhar indefenso
Apazigua hoje batalhas do ontem. Na fleuma
Que tanto campeou.Que te afeei formosura jubilar
Da lança. Rumorejada pedreira que se espoca ...

Que esvaia de ti afeminada Cleópatra
Lilith satânica! Alvejando aspecto,
Desnudando empáfia, Querubim sem sexo.
Ressuscitai sua fé,resvale-se choramingar!

Proferindo angústias memorizadas no recesso,
Aos sons de seus cristais partidos aferro.
Remindo bárbaros doridos . Surtando recordar
Como os muitos fizeram... Canções abundar!

Incline os joelhos guerreira de DIANA
Amantes derrotados, caçadas apoplécticas
Hoje recém nascidos na bulimica sede fria
Distinguida .Soe cante atraídas rimas e verse!

Consonância ruidosa, cânticos expectantes
Escutados . Roça limpa e clara Fragilidade...
Nos lábios de tua boca no corpo ansiedade
Nós nus. Sutil Amor, frágil cristal.Deth...

Deth Haak
01/10/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 08/01/2006
Código do texto: T95951
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65332 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:56)
Deth Haak