Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER

Hoje,
Não falarei de estrelas, nem de flores,
Nem do dia que já alvoreceu;
Muito menos de sonhos ou de amores,
Porque meu verso, hoje, é todo teu.

Cantarei nos meus versos todo o encanto
Que existe no teu ser maravilhoso,
Cantarei com voz firme, neste canto,
Sem nenhuma intenção de ser famoso.

É porque faço versos com ternura,
(Cada um faz seus versos como quer)
Procuro ter somente uma ventura:
Chamar-te simplesmente de mulher.


Nota do Autor:
O Dia Internacional da Mulher é comemorado desde 1910, quando uma conferência internacional na Dinamarca decidiu homenagear um grupo de mulheres que 53 anos antes (em 1857) foram brutalmente assassinadas.
Em 08 de março daquele ano, as funcionárias de uma fábrica de Nova York decidiram fazer uma grande greve, reivindicando por melhores condições de trabalho, diminuição da jornada (que na época era de 16 horas) e salários iguais ao dos homens (naquele tempo as mulheres ganhavam cerca de um terço do salário pago aos homens).
Esta manifestação foi reprimida com brutal violência: as funcionárias foram trancadas dentro da fábrica, que em seguida foi incendiada. Resultado: aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.
A criação da data, que só foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, não aconteceu apenas para relembrar tal acontecimento. Na maioria dos países, o dia 8 de março é marcado por debates, conferências, reuniões e discussões sobre o papel da mulher na sociedade atual.
O principal objetivo é tentar diminuir - e um dia acabar - com o preconceito e a desvalorização do público feminino. Mesmo com todos os avanços, as mulheres ainda sofrem, em muitos locais e setores, com salários baixos, violência masculina e desvantagens na carreira profissional.
Desde a criação do Dia Internacional da Mulher muita coisa mudou: das reivindicações do filósofo francês Condorcet em 1788, que exigia a participação política, emprego e educação para as mulheres, até a conquista do direito de votar e de serem eleitas para cargos nos poderes executivo e legislativo, o que no Brasil só foi aceito em 1932.
EMILIO CARLOS ALVES
Enviado por EMILIO CARLOS ALVES em 08/03/2006
Reeditado em 08/03/2009
Código do texto: T120270

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMILIO CARLOS ALVES
Santos - São Paulo - Brasil, 69 anos
167 textos (52030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:35)
EMILIO CARLOS ALVES