Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CIÊNCIA EM POESIA

Em meu âmago há um complexo sentido
Talvez a ciência ajude-me a expressar
Tentarei a matemática
Para me auto-calcular.

Irei me concentrar
Se um menos eu é igual a ninguém
Se divido eu por mim mesmo
E somo você mais eu, logo sou igual a ele.
Se ele multiplicado por mim
É igual a nós
Assim somos todos um
Somos um em todos
A matemática não pode nos equacionar.

Os números são iguais
Iguais aos sentimentos e aos os sonhos
São ora incertos, ora exatos e sempre infinitos.

O que pode me dizer de mim a história?
Eu a guardo na memória
E a ela pergunto:
Aprendestes com o tempo
A organizar os acontecimentos
Ou deixastes que o tempo
Ensinasse-nos a esquecer-lhe?
Filosofia a sabedoria é a vida
Que ensina a viver
Dentre sucessos e fracassos
Erros e acertos
São formas de experiências
E matérias a se aprender
Psicologia! Deixe a alma se expressar
Ecologia mostre ao homem o sentido da integridade
Política seja imparcial

Esporte não se consuma apenas em competição
Demonstre aos desportistas
Garra, lealdade, espírito de equipe.
Companheirismo e cooperação
Aprimoramento e dedicação
Assim todos vencem
No fracasso ou na glória
Há entre todos a vitória

Religião compreenda o universo
E religue o homem a Deus
Transmita a todos a verdade
Onde só há harmonia e felicidade
No amor e na união
Correspondem à lei da perfeição

Pois tudo é extraído da natureza
E catalogado pelos conhecimentos
A natureza nos comunica
Com seus fenômenos e movimentos
Mudanças e maravilhas
Com sua impetuosa serenidade
E violenta intensidade
Afirma que tudo é igual ao diferente...

Para conherer outras obras do autor compre seu livro:

TRANSPOESIA   
                                                                                                        




CicBenSil
Enviado por CicBenSil em 12/03/2006
Reeditado em 25/06/2010
Código do texto: T122287
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CicBenSil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
417 textos (17558 leituras)
5 áudios (518 audições)
4 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:53)
CicBenSil